Imóveis seguem tendência do mercado em Quixadá

janeiro 08, 2013 ·


Mais de 80% dos lotes de um lançamento no município já estão vendidos, provando o potencial para o setor

Quixadá Uma nova tendência em mercado imobiliário está começando a invadir a área urbana de Quixadá. Os loteamentos convencionais estão cedendo espaço para os condomínios fechados, um modelo considerado mais agradável e seguro para áreas residenciais. O primeiro deles foi implantado numa área periférica, na entrada da cidade, distante alguns quilômetros do centro comercial. Conforme corretores da empresa responsável pela comercialização do empreendimento, mais de 80% dos lotes já foram vendidos. O modelo, muito utilizado nos grandes centros urbanos, começa a despontar em cidades de médio porte, em crescimento, como alternativa habitacional para famílias das classes A e B.
A venda dos primeiros lotes de condomínio fechado já começaram em Quixadá. O empreendimento oferece completa infraestrutura de moradia e lazer, conforme mostra desenho arquitetônico disponibilizado pela empresa FOTO: ALEX PIMENTEL

Sobre o investimento, a empresa responsável pela comercialização, a AGC Gestão Imobiliária, na sua estratégia de expansão, prevê a atuação em médias cidades do Nordeste brasileiro. No Estado do Ceará, tem mapeado algumas cidades com potencial de mercado para absorver determinados números de unidades imobiliárias. No caso específico de Quixadá, as pesquisas demonstraram o mercado local absorvendo bem um projeto de condomínio de lotes com oferta de moradia com qualidade de vida, lazer e segurança. O modelo segue os padrões nacionais.

Infraestrutura

Na avaliação do diretor da AGC, Ayrton Aguiar, a insegurança física e patrimonial e a qualidade de vida fazem parte das principais preocupações das famílias brasileiras. Alie-se ao problema da falta de infraestruturas públicas. Dentre elas, destaca a acessibilidade precária como vias estreitas e mal conservadas, a carência de áreas de lazer, como praças e parques públicos bem equipados, ainda a manutenção e limpeza públicas deficientes.

Esses problemas incentivaram sua empresa a buscar solução de urbanismo em outro modelo que tenham estas questões resolvidas. "Significa focar nossa atuação no que o mercado quer e a partir daí partimos para o desenvolvimento do produto", explica ele.

Investimento

Sobre os preços de unidades em empreendimentos desta natureza, Aguiar reconhece como sendo mais elevados, se considerar somente o custo direto representado pelo preço da unidade. Porém, ao longo do tempo, o imóvel terá um potencial de valorização maior em relação aos demais, fazendo com que compense, considerando somente sob o viés econômico.

Porém, os benefícios intangíveis, como qualidade de vida para as famílias, estes não têm preço. Segundo o empreendedor, a diferença de preço para os empreendimentos convencionais depende do nível das infraestruturas. Varia entre 40 a 70%.

Considerado um dos mais atuantes no mercado imobiliário da região, o corretor Fábio de Oliveira reconhece o modelo de loteamento, em condomínio fechado, como nova tendência no Interior do Ceará.

No Sertão Central não será diferente, pelo menos nos dois maiores centros urbanos da região, Quixadá e Quixeramobim. No momento, o empreendimento implantado atende à demanda local. Pelos levantamentos dele, a maioria dos proprietários são empresários com famílias compostas por filhos. Ao lado do empreendimento, está sendo construído mais um polo universitário na cidade.

Entretanto, Fábio de Oliveira vê perspectivas de expansão de condomínios fechados somente em Quixadá, pelo menos a curto prazo. Na cidade vizinha, Quixeramobim, há dificuldade de disponibilidade de novos espaços urbanizados urbanos.

Além da indisponibilidade de terrenos, as áreas são geograficamente muito irregulares, dificultando ainda mais a aquisição de terrenos para investimentos dessa natureza.

Quem estiver interessado em ter um bom lugar para morar, onde possa deixar os filhos tranquilamente brincando nas vias ou nas áreas de lazer, com infraestruturas e paisagismo, deverá aguardar os novos empreendimentos por surgir, como o Gran Jardins Residence, o primeiro do gênero, implantado no município de Quixadá. O empreendimento de loteamento nesta cidade conta com 361 lotes com área média de 300 metros quadrados por lote, financiados em 120 parcelas de R$ 390,00. Conta ainda com uma área de lazer, incluindo piscina, deck com churrasqueira, campo de futebol society, espaço kids, playground, salão de festas e eventos, lan house e fitness center, além de quadras de volei de praia.

Vantagens

São cerca de 87 mil metros quadrados de áreas livres e de preservação. Na segurança, o muro perimetral e a portaria para controle de acesso, circuito interno de TV e vigilância motorizada 24 horas a ser feita por uma empresa especializada contratada pela associação de compradores.

O valor da cota mensal para manutenção das infraestruturas, áreas de lazer, paisagismo, limpeza, bem como os custos operacionais, deverá ser de R$ 120,00 por mês, em média.

Conforme a AGC, este modelo de empreendimento representa uma tendência do mercado, sendo pioneira para projetos destinados a classes sociais intermediarias. Ainda de acordo com o engenheiro Ayrton Aguiar, no Ceará, além de Quixadá, a empresa tem projetos em Pacajus, Cascavel, Pindoretama, Acaraú, Fortim e Pacatuba. Há perspectiva de expansão para outras cidades do Interior do Estado.

Mais informações

AGC Gestão Imobiliária
(85) 3224.9328

Corretor de Imóveis
Fábio de Oliveira
(88) 9658.3332

ALEX PIMENTEL
COLABORADOR 

0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ