QUIXADÁ - Depois da cheia, o recomeço

junho 06, 2009 ·











Quixadá: Uma das ruas que foi mais atingida foi a Padre Cícero, na periferia da cidade. Lá. Os moradores ficaram assustados com o alagamento que atingiu as casas (Foto: Alex Pimentel)

Quixadá: Rua Padre Cícero, que ficou inundada após o dia 4 de maio, pelas água do Riacho Japinim. Já não existe alagamento, mas os moradores continuam preocupados (Foto: Alex Pimentel)

Quixadá: O marceneiro Antônio Belarmino de Oliveira, 58 anos, esperou pacientemente a água do Rio Piranji baixar, mesmo mostrando-se preocupado com a cheia (Foto: Alex Pimentel)

Quixadá: Agora, Antônio de Oliveira conta que, desde o dia da enchente, apenas um acidente de trânsito lhe aborreceu. Se o rio transbordar de novo, espera ter a mesma paciência (Foto: Alex Pimentel)

Diário do Nordeste

0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ