Quixadá assina adesão ao Consórcio Regional de Saúde

junho 24, 2009 ·

Consórcio será assinado nesta quinta-feira (25), na Câmara Municipal de Russas.


O Consórcio Regional de Saúde da 9ª Coordenadoria Regional de Saúde (Cres) será formalizado com a assinatura do Protocolo de Intenção pelos prefeitos dos municípios da região com o secretário da Saúde do Estado, João Ananias. Será na quinta-feira, 25 de junho, na Câmara Municipal de Russas, na Avenida Dom Lino, 831, às 8h30min. O Consórcio será responsável pela gestão da policlínica e do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) que o Governo do Estado está construindo em Russas. Já assinaram o Protocolo de Intenção os municípios das Cres de Caucaia, Baturité, Itapipoca, Aracati, Quixadá, Sobral, Acaraú, Tianguá, Crateús e Iguatu.

O consórcio regional de saúde é o modelo de gestão adotado pelo Governo do Estado para as novas unidades de saúde pública que serão entregues à população em todas as 21 regionais de saúde até 2010. Serão, no total, 21 policlínicas, com quatro já em construção em Tauá, Russas, Pacajus e Baturité, e 16 CEOs, quatro deles em construção nos municípios de Acaraú, Baturité, Juazeiro do Norte, Ubajara e Russas. A 9ª Cres, que concentra uma população de 195.277 habitantes, é formada pelos municípios de Jaguaretama, Jaguaruana, Morada Nova, Palhano e Russas.

Depois de assinado, o Protocolo de Intenção é encaminhado para ratificação na Assembléia Legislativa e transformado em lei. Em seguida, são elaborados o estatuto e o regimento interno e feita a pactuação do contrato do programa, obrigações referentes a encargos,serviços e bens necessários à implementação do consórcio. Outra etapa é o contrato de rateio,que estabelece as obrigações financeiras, os compromissos da aplicação dos recursos pelos entes consorciados. Por fim, são definidas a dotação orçamentária específica ou créditos adicionais por cada ente consorciado. Organizado e estruturado, o consórcio está pronto para funcionar.

Nas novas policlínicas, a população do Interior terá acesso a exames e serviços que atualmente, na rede pública, são realizados somente na Capital. É o caso do ecocardiograma, ofertados hoje por três hospitais estaduais, localizados na Capital - Hospital Geral de Fortaleza, Hospital de Messejana e Hospital Geral César Cals. Outros serviços oferecidos pelas policlínicas serão eletrocardiograma, endoscopia digestiva e respiratória, ultrassonografia, raio x. Com o objetivo de prevenir e controlar o câncer, nas novas unidades também serão feitos exames de mamografia. Somando mamografias e os diversos tipos de exames, cada policlínica fará 3.344 exames por mês.

A previsão é de que cada policlínica, com 92 profissionais, realize 3.696 consultas mensais. Os ambulatórios especializados incluem oftalmologia, otorrinolaringologia, clínica médica, cardiologia, ginecologia, mastologia, cirurgia geral, gastroenterologia, urologia. Nas policlínicas os pacientes com diabete terão sala do pé diabético. Haverá ainda sala de curativos, sala de gesso, sala de coleta de exames e cinco leitos de observação.

Assessoria de Imprensa da Sesa
Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 3101.5220)

0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ