OPERADORA DE TELEFONIA VIVO AVANÇA E VAI CHEGAR EM QUIXADÁ

maio 28, 2009 ·

Revista EXAME -


Desde que foi criada, em abril de 2003, a Vivo, maior operadora de celulares do país, sempre ocupou uma posição privilegiada no mercado. Fruto da união entre cinco operadoras regionais, a maior parte delas líder em seus respectivos mercados, a empresa já nasceu gigante, um colosso que atualmente conta com faturamento da ordem de 22 bilhões de reais e cerca de 45 milhões de clientes. Alvo natural do ataque das concorrentes, a Vivo se especializou em estratégias de defesa de mercado, enquanto as demais operadoras se engalfinhavam por pequenos nacos de participação. Agora, pela primeira vez em sua trajetória, a Vivo depara-se com as dificuldades de iniciar uma operação do zero. Entre outubro e janeiro, a empresa passou a oferecer seus serviços em seis estados do Nordeste (Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Piauí). Com isso, seus executivos foram forçados a adotar uma estratégia diferente. Acostumada a se defender das rivais, a Vivo partiu para o ataque. "Entrar no Nordeste foi a concretização de um sonho", diz Roberto Lima, presidente da empresa. "Queremos a liderança, mas sabemos que ela não virá em um prazo tão curto." A liderança, ao menos por enquanto, está mesmo longe de acontecer. A Vivo permanece como última colocada entre as quatro grandes operadoras que atuam na região. Passados sete meses da estreia, sua participação de mercado é de 2,3%. Na liderança entre os usuários do Nordeste está a Oi, com cerca de 40

Até agora, a situação mais delicada é no Ceará e em Pernambuco, os dois maiores mercados da nova região coberta pela operadora. Nesses estados, a Vivo tem participação de mercado na casa dos 3% - bem abaixo do inicialmente previsto pela empresa. Além de constantes problemas de cobertura, sobretudo no serviço 3G, de banda larga, a operadora sofre os efeitos de uma campanha de marketing deflagrada em sua estreia na região, em outubro.

"Por uma questão socioeconômica, os consumidores do Nordeste são muito suscetíveis a promoções agressivas", afirma um analista de um grande banco. "A qualidade do serviço, que é o principal atrativo da Vivo no restante do país, acaba ficando em segundo plano." Prova de que, se quiser liderar na região, Roberto Lima terá de afiar - e muito - a sua pontaria.

Em Quixadá uma antena de captação dos sinas da operadora VIVO esta sendo montada na serra do urucum, bem próximo ao santuário nossa senhora rainha do sertão, muito em breve nossa região disponibilizará dos serviços da VIVO, isso é bom para aquecer a concorrência de telefonia móvel na cidade.

0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ