Monólitos são tema de conferência

maio 02, 2009 ·


Curso técnico de Edificações do Instituto Federal do Ceará promove palestra geológica na ´Terra dos Monólitos´Quixadá.
Os aspectos geológicos e geomorfológicos deste município, conhecido mundialmente pelos imensos e exóticos inselbergs que complementam sua geografia foram tema de palestra no campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE), situado no Km 5 da Estrada do Açude do Cedro. A conferência teve como público principal os alunos do curso de Edificações da instituição, mas a comunidade local também foi convidada do evento.O geólogo José Edilson Dias Cavalcante foi o palestrante. Ele é membro da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), empresa pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia. A CPRM foi criada em 1969 com o objetivo de organizar e sistematizar o conhecimento geológico do território brasileiro. A partir de 2004 o Serviço Geológico do Brasil, como a Companhia é mais conhecida, passou a atuar institucionalmente nas áreas ambiental, hidrogeológica e de riscos geológicos.Os minerais e rochas, a história geológica da Terra com ênfase na geologia local, os recursos minerais da região, a paisagem sertaneja do Ceará e a constituição geológica dos monólitos foram alguns dos temas abordados. Além da palestra, também houve uma aula de campo, com visita ao Açude do Cedro, ao Santuário da Rainha do Sertão e ao Resort Pedra dos Ventos. A proposta partiu do coordenador do curso de Edificações, Helder Caldas.A abordagem surge em meio à polêmica da construção da unidade de ensino da Universidade Federal do Ceará (UFC) nesta cidade. A obra está embargada pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). O complexo está previsto para ser erguido a poucos metros da via de acesso à principal atração turística da cidade, o açude do Cedro e a Pedra da Galinha Choca. As formações rochosas no entorno do Cedro integram uma das unidades de conservação dos monólitos de Quixadá, tombados como patrimônio histórico da humanidade.Além da UFC, a construção da sede definitiva do IFCE de Quixadá também está paralisada. A decisão partiu do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Houve necessidade de analise prospectiva arqueológica no canteiro, ao lado do prédio da extinta Empresa de Pesquisa Agropecuária do Ceará (Epace), onde o Instituto funciona provisoriamente. Uma empresa especializada foi contratada para realização dos estudos. Serão apresentados em breve ao Iphan, segundo informou a diretora administrativa do campus, Julieta Landim. O Centro de formação tecnológica deveria estar concluído até o fim de julho próximo.Com a interrupção dos trabalhos, o cronograma deverá se estender até dezembro. O atraso poderá prejudicar a realização dos exames seletivos para os novos cursos a serem implantados no primeiro semestre de 2010. Hoje, 210 alunos de Edificações, Turismo, Química e Gestão em Agronegócios dividem o espaço. Lá funciona, provisoriamente, os campus da UFC e da Universidade Aberta do Brasil.
Mais informações:Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, Campus de Quixadá, (85) 3414.6710
alex pimentelColaborador

0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ