Dinheiro público em Quixadá vai pro ralo

maio 27, 2009 ·

Osmar denuncia irregularidades financeiras em Quixadá


Na sessão desta quarta-feira (27/05) da Assembléia Legislativa, o deputado Osmar Baquit (PSDB) denunciou que o secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural de Quixadá, Ereni Lima (PT), conhecido como Capitão, desviou recursos no valor de R$ 52.610,97, alegando que foram utilizados para reformar a sede do assentamento Boa Vista, localizado naquele município.

O parlamentar disse que, de acordo com o Sistema de Informações Municipais (SIM) de Quixadá, o valor total para a reforma da sede do assentamento é de R$ 68.950, 00, mas já liquidados “são esses R$ 52.610,97, valor que se empenha para pagar as despesas com serviços a serem prestados na reforma de uma casa naquela sede. Além disso, existe uma carta-convite em que a prefeitura convida três empresas e escolhe aquela que vai realizar a obra.

Isso é um escândalo. Eu conheço aquele assentamento. Esses mais de R$ 52 mil reais são para uma reforma, não para a construção de uma casa. Isso não existe, é um absurdo. Com esse dinheiro se constrói uma casa grande”, indignou-se.

O deputado Fernando Hugo (PSDB) disse que, até que se prove o contrário, esse é um caso de polícia. “O PT de ontem é diferente do de hoje. Antes fazia uma proclamação da dignidade em todas as falas e hoje vive uma seqüência de múltiplos escândalos”, afirmou.

Para Osmar, a oposição, quando é construtiva, colabora com a administração pública. “E o meu papel como eleitor da minha terra, é ajudar que a administração do prefeito Rômulo Carneiro possa tirar da prefeitura todos aqueles que saquearam os cofres públicos. Não se pode admitir que, numa situação como esta, as pessoas que ajudaram a sujar a gestão continuem lá. Peço ao prefeito que tome as medidas cabíveis, para tirar da prefeitura o convívio de pessoas nefastas”, solicitou.

O deputado tucano denunciou ainda que o mesmo vereador fez um empenho no valor de R$ 10.206,00 para o roço de 162 km de estrada, valor liquidado e pago. Segundo o deputado, essa distância equivale a quilometragem de Quixadá a Fortaleza. “O vereador gastou mais de dez mil reais para roço em dois distritos. Quando nós falamos sem documentos, nos chamam de irresponsáveis, mas eu estou falando baseado em documentos. Esse documento é enviado pela própria prefeitura”, disse.

O deputado Vasques Landim (PSDB) afirmou que no Brasil apenas os delinqüentes pobres são presos. “Os delinqüentes ricos são acobertados pelo dinheiro e pelo poder, em virtude da impunidade. O PT era um partido que vivia na pindaíba e, de repente, passou a ter mais dinheiro do que todos os outros partidos juntos. Esse vereador provavelmente não será punido porque a impunidade é recorrente”, encerrou.

Rachel responde Baquit sobre investimento feito em assentamento

A deputada Rachel Marques (PT) respondeu, na sessão plenária desta quarta-feira (27/05) da Assembléia Legislativa, a acusação feita pelo deputado Osmar Baquit (PSDB) de mau uso do dinheiro público pela prefeitura de Quixadá, durante a administração do presidente estadual do PT, Ilário Marques, com o empenho de R$ 52 mil na reforma da casa-sede da fazenda da Comunidade Assentamento Boa Vista, no distrito de São João dos Queiroz.

Sobre o questionamento do tucano de qual seria a real necessidade de se aplicar a quantia citada somente na reforma de uma casa, a petista explicou que se trata de um investimento no local para a construção de um novo hotel-fazenda.

Rachel explicou que inclusive o dinheiro usado na reforma veio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do programa do Governo Federal chamado: Territórios da Cidadania. A idéia é que o assentamento possa atrair pessoas interessadas no turismo rural. De acordo com a deputada, com a reforma, a casa ganhou sete suítes.

Além disso, ainda está previsto um investimento de mais R$ 30 mil para equipar o prédio com infraestrutura hoteleira. Segundo ela, o MDA ainda tem previsto a construção de uma passagem molhada no sangrador do açude do assentamento, que também passou por reforma. Somados, os recursos para essa obra chegam a R$ 240 mil. Todo o projeto foi avaliado pela Caixa Econômica Federal, de onde os recursos são oriundos, conforme ressalta a deputada.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social

AQUI VOU EU

Agora eu já sei do porquê das CPIS de ONGS e ASSENTAMENTOS, o dinheiro público está sendo usado para projetos eleitoreiros, esses assentamentos não produzem nada, jogam o dinheiro do contribuinte no ralo, veja o caso do assentamento do distrito de Califórnia e guanabara, o que produzem? Mesmo assim recebem verbas polpudas para desenvolver ações na agricultura. O dinheiro destinados as comunidades são trocados por bens de consumo, geladeiras, antenas parabolicas, aparelhos de som e até moto.

Destinar R$ 240.000,00 para promover um hotel fazenda, é brincadeira! É por essas e outras que a agricultura familiar está naufragada, e não é com as chuvas que vem caindo no sertão não.
Fabio de Oliveira





0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ