A canoa que transporta também é a que dá voto

maio 23, 2009 ·

Um político antes desconhecido ganha a simpatia da população com um gesto simples e que pode lhe render votos: a doação de uma canoa para transportar vítimas das enche tes. Ele, desinteressado, diz que apenas está “fazendo o seu trabalho”

A canoa atravessa o rio Banabuiú umas 20 vezes ao dia, levando e trazendo em média 15 pessoas por vez. Como uma propaganda, a pintura em letras garrafais apresenta o “patrocínio”: deputado Eugênio Rabelo. Com o detalhe do partido - PP. Impossível passar despercebido pelos passageiros. São moradores das comunidades que ficaram ilhadas com a cheia do rio - Jaburu, Gracismões e Rebolada -, que precisam de barco para irem à localidade de Poço de Onça - porta de entrada para a sede do município de Russas, a 162 quilômetros de Fortaleza.


Quem conseguiu a canoa e pintou o nome foi o agricultor José Vandemberg da Costa Oliveira. Ele é o presidente da Associação Clube de Mães Poço de Onça - uma espécie de líder comunitário e demonstrou ter grande poder de persuasão com os moradores da redondeza. Foi ele quem socorreu as famílias, enquanto o nível da água do rio subia e invadia as casas. Vandemberg, que gosta de ser chamado de Berg, possui ainda outra canoa, mas usa no dia-a-dia apenas a que está pintada com o nome do deputado. “Essa é a mais nova e como foi dada, a gente tem que usar”, explicou Berg.

Enquanto conversava com O POVO e moradores, o agricultor reclamava dos deputados votados na localidade e foi interrompido por uma senhora: “depois dessa, o Rabelo aí ganhou a gente, não tenha dúvida”. Outro emendou que “não só ganhou como continua ganhando, porque a canoa ainda está aí”. Mas o líder arrematou: “o Eugênio, hoje, é para ter uma moral medonha. Era para todo mundo votar nele aqui”, disse. Como resposta, concordâncias com a cabeça.

Não é Berg quem conduz a canoa. Ele “conseguiu” com o prefeito de Russas, Raimundo Cordeiro de Freitas (PSDB), o Raimundinho (PSDB), o combustível do motor e o “salário” de R$ 300,00 para que José Alderi Paz, o “Tranca-rua”, faça a condução dos passageiros “de graça”. “Aqui, a gente só quer mesmo o reconhecimento depois”, garantiu Berg, que ainda bancou o transporte por 20 dias sem o auxílio da Prefeitura.

Pela gasolina do barco que leva e traz os ilhados, Berg disse ser “grato” ao prefeito , mesmo sabendo que é obrigação dele dar suporte à comunidade. “Tem outros aí que não fazem é nada”, defendeu.

O motor do barco quem deu foi o filho do prefeito, Raniélio Freitas, o Nelinho, o que lhe rendeu no “bico” da canoa o dizer “Apoio, Nelinho”. Mas, Berg avisou que iria pedir um novo motor a Rabelo, mas ainda “não era certeza”. Mas foi repreendido por “Tranca-rua” a não dizer isso. “O deputado não nega nada. Diga que o homem vai dar”, disse o “agricultor no verão e canoeiro no inverno”, enquanto os tripulantes do barco davam sinais de agradecimento aos “favores” recebidos e garantiam “fidelidade”.

A voz do deputado


Em conversa com O POVO, por telefone, na última sexta-feira, o deputado Eugênio Rabelo(PP), disse que havia ficado sabendo naquele dia por um assessor, da canoa pintada com seu nome. Negou que tenha mandado ou pedido a “gratidão”. “Mas pode ser que agora eu seja reconhecido”, acrescentou. Ao ser informado pela reportagem da repercussão que a doação causou na comunidade, ele comemorou. “Oh beleza, que bom, que a gente tem um bocado de voto”.


Rabelo não demonstrou muita preocupação em “avançar” nas bases eleitorais de outro deputado, argumentando estar apenas “fazendo seu trabalho”.”O sol nasceu para todos. Fui votado em Morada Nova, mas estou trabalhando pela Região Jaguaribana todinha. Eu vou mais no povão,não posso ficar preocupado com raiva deninguém, não”, defendeu-se.


O deputado informou ainda que tem articulado novas doações para os municípios onde foi votado e onde está na base da “conquista”. Ele disse que, por ter um “bom relacionamento” com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), conseguiu algumas toneladas de alimentos para a região. “Ainda estou hoje entregando um ofício ao Ministério da Integração Nacionalpara que os recursos da Medida Provisória de socorro às vítimas das enchentes chegue logo aos municípios”, publicizou.


(Giselle Dutra)

O Povo

0 comentários:

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CATÓLICA DE QUIXADÁ

FACULDADE CISNE

FACULDADE CISNE

CAMPUS UFC/QUIXADÁ

CAMPUS UFC/QUIXADÁ
Próximo a UFC e IFCE

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

LOTEAMENTO RENATO CARNEIRO

AEROPORTO QUIXADÁ

AEROPORTO QUIXADÁ

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOSPITAL REGIONAL - QUIXERAMOBIM

HOTEL VALE DAS PEDRAS

HOTEL VALE DAS PEDRAS

POLICLÍNICA QUIXADÁ

POLICLÍNICA QUIXADÁ